La siesta

Entre as grandes lendas sobre a Espanha, está a Siesta.
Eu lembro quando a Marian, amiga da minha irmã, veio me visitar...
- A siesta é real?
- Não.
- Ahh sério? Você acabou de assassinar um mito! Acreditar na siesta era como acreditar em um conto de fadas!

Mas eu escrevo este post para me redimir. As coisas não são bem assim.

Em uma cidade como Madri, onde o ritmo de vida é frenético e o dia a dia é movido pelo dinheiro, alguns costumes tão enraizados como a siesta, perdem força. Você vai ao centro de Madri qualquer domingo, e todas as lojas estão abertas e as pessoas comprando feito loucas (em plena crise). Mas você anda meia hora e entra em qualquer bairro e encontra isso - em plena crise e sem nenhuma preocupação.


Essa foto é de um chaveiro aqui perto de casa. Vale comentar que quando me mudei, demorei uns 2 meses para conseguir fazer cópias da chave da minha casa....

4 comentarios:

  1. andrea folha disse...:

    é uma coisa que gosto da cultura espanhola!! não posso negar!!! Lindo seu blog Isa!

  1. Isabela disse...:

    Meu primeiro comentário, Folha! hahaha
    obrigada, Flor :)
    Volte sempre, viu?
    Muack!!!!

  1. bru disse...:

    hahaha eu estranhei um pouco alguns horarios em Madri. Eu pensava MEU DEUS, TA TUDO FECHADO MESMO? Porém, quando vi as lojas abertas de noite achei incrivel, porque é um horario que eu poderia frequentar, além de dar muito mais vida para as noites.

  1. hahaah sim, guria!
    é uma questão de se adaptar.

    o problema é que eu tb trabalho no mesmo horário que as lojas funcionam... normalmente não saio antes das 20 e por isso é impossível fazer uma cópia de chave ou deixar o casaco na lavanderia!

    mas é isso, na Espanha 22hs ainda é CEDO.
    Beijos, querida!

Postar um comentário