Formar-se para informar



Os nerds eram mal vistos nos anos 1990. Nos anos 2000 surgiram os
 Geeks, que nos anos 2010 se tornaram os donos do mundo

É verdade que muitos deles não estudaram. Zuckenberg, por exemplo, abandonou a faculdade antes de se formar. O Bill Gates 
tio da janlela e o tio da maçã também. Mas eles trabalharam muito, trabalharam sem parar, dedicaram a sua vida a um objetivo e compensaram a falta do diploma.


Todos tiveram uma
vida social difícil durante sua juventude.


Eu não estudei - e incluo isso na minha pequena lista de arrependimentos. Porém, acho que ainda posso recuperar o tempo perdido, e por isso tento reverter minha frouxa formação intelectual com muita leitura, cursos, palestras e, principalmente, me rodeando de gente que sim estudou e que por isso é mais inteligente que eu (obrigada Raul, Alberto, Claudinha, Ernesto, Sérgio, Adriane, Alex....)
E concordo com o que a foto diz: a maioria das pessoas não estuda no Brasil. As pessoas decoram para as provas, passam de ano, colam, fazem vestibular, pegam um diploma e vão trabalhar. 

Logo,
não inovam, não mudam, não transformam. Uma das coisas que aprendi por aqui é que todos esses processos estão relacionados ao estudo.

Seja ele formal, em uma escola ou universidade, ou informal, na sua casa, na mesa do bar, na leitura de um livro que te apaixone. 
Eu, informal que sou, optei pelo segundo caminho... essem dos incompreendidos, que lêem só o quê gostam, tomam vinho enquanto tentam escrever um livro, riem com amigos enquanto têm idéias para salvar o mundo ou que navegam por blogs para aprender novos pontos de vista.

E também discordo da foto
 quando trata o tema de maneira tão genérica. No Brasil tenho visto gente fantástica fazendo trabalhos incríveis, desenvolvidos com boas idéias, muito suor e uma base de estudos estruturada, seja ele do tipo que for.

Foto: reprodução do Tãmbler

2 comentarios:

  1. bru disse...:

    (Consegui comentar, êeee, demorou pra abrir a janelinha)

    Nossa, me deu um certo alívio ler esse post, sabia? Dificilmente toco nesse assunto. Eu me cobro muito por não ter o perfil de quem quer estudar. Mal consegui me formar e nunca mais quero entrar numa faculdade na vida. é um peso e tenho medo de me arrepender.
    Por outro lado, conheço muitas pessoas incriveis que não estudaram e são tão inteligentes ou mais do que as que estudaram. Aprendizado está em leitura, em experiências de vida, em conversar com as pessoas...E principalmente, em querer aprender sobre o maximo de coisas possiveis.
    Mas engraçado, eu diria que você estudou muitissimo, pq é uma das pessoas mais bem informadas e bem articuladas que conheço.
    Claro que se isso representa um arrependimento pra vc, tem que ir atrás, pq vc é muito jovem. Mas pra mim, vc é muito sabaia inteligentona desse jeito informal! hehe
    Bjsssssss

  1. Eba!! ahhaah que bom que vc conseguiu, nega!
    fiquei feliz com a sua visita e comentário.

    Para mim, estudar não é ficar dentro de uma faculdade.
    Existe outro estudo, esse que conquistamos no dia a dia, no trabalho, nas leituras gostosas, nos filmes e documentários legais que vemos e recomendamos ou são recomendados pelos amigos... Ou até esses links interessantes que as pessoas interessantes publicam no FB - e fazem a gente aprender alguma coisa.
    Mas disso vc sabe, pq ensina muito também. Todas as pessoas levam dentro delas um tesouro para compartilhar, certo? :) A internet é um canal para isso.

    Eu não estudei muito não, mas fico feliz em saber que vc me vê assim. Eu procuro escutar, conversar, ler e escrever para compensar um pouco do vazio existencial que existe dentro de mim. haahahah.

    um beijo, principesa!

Postar um comentário